Poema: Resgate – Manuel Alegre

RESGATE Há qualquer coisa aqui de que não gostamda terra das pessoas ou talvezdeles próprioscortam isto e aquilo e sobretudocortam em nósculpados sem sabermos de quêtransformados em números estatísticas défices de vida e de sonho dívida pública dívidade almahá qualquer coisa em nós de que não gostamtalvez o riso essedesperdício. Trazem palavras de outra línguae quando…