Fato Marcante Hoje

A morte de Pablo Neruda
Em 23 de setembro de 1973, morre Pablo Neruda, Cônsul do Chile na Espanha e no México, eleito senador em 1945 e embaixador na França, em 1970. Tornou-se marxista e revolucionário. Era a voz angustiada da República Espanhola e, depois, das revoluções latino-americanas. Esteve diversas vezes no Brasil.