Poemas e Poetas do Brasil – F/0034

Cantiga de Cangaceiro Judas Isgorogota Cantador, saí menino,cantando pelo sertão;quando quiseram pisar-me,pisei as pedras de chão…Desde aí ganhei o mundo…De noite, a minha viola,de dia, o rifle na mão…Onde estou, deitam comigona rede de estimação,meu punhal e o tira-teima,os dois no alcance da mão.Para não perder o jeito,a cartucheira cruzadapor cima do coração…Cangaceiro, é no…

Veja mais