O Quotidiano – P/206

O Quotidiano Cenas todos dias, algumas incompreensíveis;Contendas em toda parte podem ser vistas…Muros desabam diante de intrigas visíveis,Em desuso, encontram-se perdidas as pistas. O tempo e o vento apontam o quotidiano:a casa, o quarto, a sala e o nosso quintal;a mobília antiga que é o nosso desengano;os espelhos e seus reflexos, para um casal. Alguns…

Veja mais

Natal de Jesus – P/205

Natal de Jesus Símbolo que ninguém jamais esqueceO evento tem respeito no OcidenteA gloriosa história acontecida em BelémO mundo cristão relembra muito bem…Na Terra Santa, a gloriosa Semente. Num dia muito bonito o Mestre nasceuAnjos cantavam glórias ao Rei MeninoOs reis de longe trouxeram presentesHinos entoados em tons eloqüentes.Para a Humanidade, o grande destino. Ele…

Veja mais

João na Ilha de Patmos – P/199

João na Ilha de Patmos Um ermo perdido na história,Uma ilha bem pouco conhecidaNaquele continente distanteLimite de um homem triunfantePatmos, uma terra de guarida… O desterro como herançaA sorte para o discípulo amadoObediente, foi para este lugar,Aqui, ele pôs-se a meditarMistério, então, revelado… Parecia um abandono aquilo,Mas tudo precisava acontecerNo peito, a saudade, a solidãoE…

Veja mais

Lutero e as Indulgências – P/198

Lutero e as Indulgências Um Iluminado. Homem do Ocidente,Uma questão sublime e deveras urgente:Indulgências? Tirar almas do Purgatório!Abuso do clero, em nome da Verdade…Confusão religiosa, além da realidade.Levanta Lutero sua voz no Oratório… Poder eclesial, com cetro: um tiranoEm nome de Deus, age e faz plano…Excomunhão, guilhotina e fogueiraHomens desmaiam mediante torturaA religião dizimava a…

Veja mais