Ele Está Morto – P/180

Luiz Daniel Priscinato Júnior,vítima de um acidente automobilístico,deixa num papel algumas expressões poéticas,organizadas neste poema. Ele está morto “Parem os relógios, cortem o telefone,Impeçam o cão de latir, silenciem os pianos.E como um toque de tambor, tragam o caixão.”Venham os pranteadores,Voem em círculo os aviões…Escrevendo no céu a mensagem:Ele está morto! Ponham laços nos pescoços…

Veja mais

Santa Mariazinha – P/175

Este poema foi musicado, e num estilo bem sertanejo,gravado pela dupla Israel e Betinho Correa,no CD Pantanal Matogrossense, no outono de 1998.A letra trata de um episódio ocorrido no interior paulista,nas cidades citadas, com narração do amigoe jornalista Marcos Antônio Ferreira,atualmente residindo com a família em Jaboticabal. Santa Mariazinha Foi perto de RibeirãoQue essa história…

Veja mais