Cidade-Crepúsculo – P/159

Cidade-Crepúsculo Cidade-crepúsculo, de glórias mil… Progresso constante, gente hospitaleira. És admirada em toda a fronteira, Sentinela viva do Brasil. A mais bela história, de pioneiros De terras longínquas, abrindo picadas. Com união e fé, vencendo as paradas… Eram grandes brasileiros! Também pelos rios, muitas descobertas Desbravando os sertões, o homem vai… Índio Guarani cantando Amambaí…

Veja mais

Guaíra – P/157

Guaira Minha Guairá dos velhos sonhos Tens belezas, raras e naturais Lembram tempos de outrora Que não esqueço jamais. As quedas tão apreciadas O homem as destruiu Tudo em nome do progresso E nada se construiu. Usina, barragem, ponte… A engenharia traçou. O crime foi praticado, Só a saudade ficou. Guaira sente e relembra De…

Veja mais

Às Margens do Iguatemi – P/156

Às Margens do Iguatemi Majestosas águas de encanto e beleza Desde a cabeceira à desembocadura, Tem leito piscoso, floresce riqueza Nos vales, à margem, imensa fartura. História oculta, os mais velhos sabem Caudaloso e íngreme, ribeirinhos cantam; Poético, místico, lendário: forças invadem Prá vê-lo bem cedo, todos se levantam. Pescadores vêm, conhecem o segredo Às…

Veja mais