Poema: Janela da Vida – Euclides Cavaco

Janela da Vida A sina do ser humanoÉ nascer para enfrentarNa vida o quotidianoQuase sempre a esperarEsperamos nove mesesNo ventre para nascerDepois com alguns revesesEsperamos pra crescer. Espera-se a mocidadeQue leva tempo a chegarVai passando a nossa idadeE nós sempre a esperarEsperamos por projectosEm triunfo consumadosPorém quando não completosSão sonhos desmoronados. E este esperar constanteVai…

Veja mais