Outono – Poema

Conceição Bernardino – Portugal Outono Já começam a cair as primeiras folhas,Sobre o meu corpo envolventeVestem a minha nudez, ardenteDe mil cores, o vento faz as escolhas. Já sinto o orvalho com que me molhasA minha alma absorvente,Sento-me no teu colo reluzenteAconchegada, valiosamente nas tuas malhas! Que eu vou tecendo em harmoniaAs vestes de um…

Férias de um Poeta – Poema

Amílcar de Figueiredo – Portugal Férias de um Poeta Poeta não tem férias… Não tem não!Se deixar de pensar um só momento,Ideias não terão mais pensamento…Sangue não alimenta o coração!… Poeta não tem férias, pois então!Não pode ter nenhum entupimentoNas veias que são seu grande sustento,De artérias que alimentam o filão! Estações serão mote à…