Pensamento – 14.008

Conforme o conteúdo de I Pedro 3:18-21, a pregação “aos espíritos em prisão” foi levada a efeito pelo Mestre Jesus em Sua condição original glorificada. A interpretação é sugerida pela construção da frase “morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito”. Pedro evoca a analogia de Cristo entre os “dias de Noé” e os últimos…